Bom Dia, hoje 29/11/2020 - 10:11:46
 

CORONAVÍRUS: Uso do aplicativo “Atende em Casa –Covid-19” é incentivado pela Prefeitura

24/06/2020   10:00

 O aplicativo pode ser instalado em qualquer smartphone com sistema Android ou acessado pelo link https://portovelho-atendeemcasa.web.app

 

  Em funcionamento desde o dia 9, o aplicativo “Atende em Casa – Covid-19”, já possui mais 400 usuários cadastrados em sua base. A funcionalidade foi implantada como suporte integrado às ações de da Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), visando orientar a população e contribuir na desaceleração na curva de casos do novo coronavírus (Covid-19). Os dados foram coletados no último dia 18.

 

Segundo a coordenadora administrativa do Call Center, Caris Regina, o relatório de atendimentos pela ferramenta, constatou que, dos 418 usuários com sintomas gripais que buscaram receber orientação médica e ter o primeiro atendimento suspeito da Covid-19, 92 tiveram teleorientação médica (vídeo e telefone). 

 

Após o atendimento, 69 usuários foram orientados a ir a uma unidade de saúde mais próxima de sua residência. Outros 15 receberam a indicação de isolamento social e, apenas quatro o isolamento domiciliar. A ferramenta também teve quatro usuários fora da finalidade.

 

INCENTIVO

 

Caris incentiva o uso do aplicativo, mas também que os pacientes fiquem atentos quanto ao trabalho da equipe de atendimento. “Tivemos 325 pessoas que fizeram a ficha e o médico entrou o contato por ligação diversas vezes, porém a chamada não foi atendida”, relatou a coordenadora do serviço, enfatizando que a ferramenta é importante no processo, por fazer a classificação de risco e teleorientação por um médico ou enfermeiro integrante parte equipe que atua no Call Center.  

 

SERVIÇO

 

O “Atende em Casa” é um aplicativo que pode ser instalado em qualquer smartphone com sistema Android ou acessado pelo link (https://portovelho-atendeemcasa.web.app). Já o Call Center está disponível pelo 0800-647-5225 (ligação gratuita).

 

 

 

 

 

Fonte: Comdecom/PVH/RO


 
Publicidade